Marcadores

sábado, 24 de fevereiro de 2018

MAGOAR

O intento mais infeliz que se possa existir, é o intento de magoar alguém, de ferir com palavras com atitudes, ferir com a indiferença, com intrigas,com desprezo.
Ou simplesmente ferir a confiança com falsidades, com desvio de confiança.
Sejamos também, de coração brando e delicado, arrecadando na alma, apenas o que nos faz bem,quando alguém nos magoa, procuremos o mais rápido possível,  nos livrarmos desse fardo, dessa mácula, que tanto mal pode nos fazer.
Mágoa é uma mácula que corrompe machuca, ferindo a alma diretamente, esta fica perceptível no rosto, na fala, nas palavras da pessoa magoada.
Quem magoa simplesmente porque quer,  por mais que possa se achar vitorioso ou vitoriosa por ter magoado, isso refletirá de volta portando muita infelicidade, pois o inconsciente se encarrega disso.
Uma pessoa que vive para magoar as outras, simplesmente ainda não consegue se encontrar, dentro do próprio escombro.
Portanto, as vezes somos cruéis, exigindo que a pessoa magoada, se livre desta o mais depressa possível, esquecendo sempre que a mágoa, na verdade é um ferimento que sangra na parte psicológica, na alma, portanto esse processo é doloroso,mas jogá-la fora, nos livra do incômodo.
Pois quem a faz por querer, geralmente espera que ela surta este efeito em seu alvo, portanto há outras pessoas que magoam sem querer, e se livram do remorso pedindo perdão, e devem ser perdoadas.
O importante é que nos blindemos contra a mágoa [má água] e deixemos que toda palavra proferida, atitudes praticadas,indiferença que venha com intento de magoar, passe diretamente por nós, sem nos atingir.
A ofensa, segundo pensadores, é um copo com veneno, que alguém coloca na nossa frente, e só  a sorvemos se quisermos, é livre arbítrio nosso, nos envenenarmos ou não.
Portanto, para que tenhamos mais saúde física, mental, e consequentemente espiritual, deixemos todas as mágoas, ao longo de nossa caminhada.
E que esteja fora de nossos planos, fora de cogitação, a nossa possibilidade de revanche, contra aqueles que nos magoaram, seja com atitudes, indiferença, ou palavras pesadas, a mágoa nem isso merece de nós.
E livre de todos os ferimentos possíveis, poderemos nos declaramos pessoas felizes.