Marcadores

sexta-feira, 23 de junho de 2017

OS PETS E AS ATITUDES BIZARRAS DOS DONOS

Deixamos bem claro, que adoramos cães,temos agora três cadelinhas das quais,dedicamos boa parte do dia,cuidando para que elas se sintam bem como cães,porém,não reivindicamos delas,nenhuma atitude humana,são dóceis e não atacam ninguém,latem muito,principalmente quando recebemos visitas,isso  é inerente aos animais,então não tiramos isso delas,mas elas sabem,já deixamos claro, que não gostamos que defequem,ou façam xixi, em locais inapropriados...
O nosso momento infeliz se resume em higienizar o recinto,quando isso acontece,ninguém está feliz limpando cocô de  cachorro,porém...
Os cães são amigos leais,fieis,companheiros, retribuem  tudo,com muito amor e carinho,e por mais que tentemos compensar isso,jamais conseguiremos,pois eles têm suas maneiras únicas e especiais de amor e total dedicação, que acreditamos,até ultrapassar a capacidade humana...
Não exigem que andemos de coleira,que falemos o latim[ou latimos como eles] para que se apaixonem por nós,eles fazem tudo de maneira simples e natural,respeitando nossos  costumes,nossa raça,nossos gostos...
Mas o motivo,de estarmos discorrendo sobre as atitudes dos pets,é outro,quando numa reportagem sobre pets,alegam estarem adestrando cães para substituírem as damas de honra nos casamentos,então,mediante isso,acreditamos que a insanidade chegou ao seu limite...
Pobres animais!
Já achamos estranho roupas para cachorros,uma vez sabendo que os mesmos têm pelos que substituem qualquer vestimenta,sabemos sim,como qualquer leigo no assunto saberia,que se forem originários de regiões frias,precisamos fazer tosas,mantê-los em lugares frescos no calor,e se forem originários de regiões quentes,serão mais propensos a sentirem frio,nada que uma cama quentinha, em um abrigo confortável e coberto,não resolva...
Sabemos também,que quem tem animais,deve ter responsabilidades sobre o mesmo,mantendo vacinas em dia,cuidando da saúde,alimentação e higiene, para que o mesmo não adoeça,o que discordamos inteiramente,é tentarmos atribuir atitudes humanas ao pobrezinho...
Acreditamos,diante de tantas atitudes bizarras, cerceando os mesmos,que quando um animal apresentar muitos sintomas estranhos,deve-se levar o dono,ou dona ao psicólogo,depois de umas sessões de terapia no dono ou dona,o animal melhora.