Marcadores

sábado, 3 de outubro de 2015

COORDENADAS DA VIDA

 Viver com sabedoria, a arte,que compete apenas ao tempo e suas conseqüências, seus acertos e erros,portanto viver consiste mais do que apenas se resguardar em um mundo,que não acrescente experiências e consequentemente,crescimentos...
Em suma,depois somando alegria, satisfação,pois acreditamos, que dentro de cada ser, exista uma vontade
de vencer seus limites ,de superá-los,justamente,através do tempo,e que para muitos de nós,dá muito tempo,para nos devolver, uma sensação prazerosa e gratificante...
Já nascemos carentes de nos conhecermos, de nos entendermos, e vencermos nossos limites, contudo,se faz necessário,que aprendamos também, a lidar com o outro lado,situações que nem sempre são tão agradáveis,porém, muitas vezes extremamente necessárias...
Vejamos_Ao longo de nossa vida, de educadores, temos que conviver com adolescentes, e jamais apenas no intuito de só ensinarmos, pois,antes que isso aconteça,esses adolescentes são minuciosamente estudados por nós educadores,e toda leitura traz conhecimento e sabedoria,portanto,um educador é sempre mais do que um apresentador de conteúdos...
Mesmo porque sabemos das dificuldades, e sofrimentos ,que essa profissão implica, porque o nosso produto final, sempre é um ser humano,lembremos das muitas vezes,que ficamos melindrados, aborrecidos, quando alguns destes se recusam a nos receber, e descobrirem o que queremos passar...
Pois quando o tempo, muda,transforma, lapida, impossível não reconhecer seus benefícios, ao longo de toda uma existência bem planejada...
Quando nessa troca,o tempo nos tira algumas coisas,muitas outras ele nos acrescenta,ou pelo menos,nos apresenta como compensação,compete a nós aceitarmos ou não,e perante um educador melindrado,um educando, que não recebe o tempo como aliado,o terá como inimigo...
Ás vezes é doloroso,depois de tanto viver,errar para acertar,descobrir,concatenar idéias,reunir,comparar,nos depararmos com jovens,que ainda em idade tenra,acreditam terem vivido o suficiente,portanto se negam a ouvir o que uma pessoa mais sábia ,porque viveu mais ,errou e acertou mais,em termos de vivência,tem a lhe mostrar...
Pois,jamais podemos ignorar que o tempo é um lapidador de sabedorias, ou inimigo cruel,independendo de nível sócio econômico e cultural...
Portanto,seria desastroso apenas envelhecer, sem sabedoria,quando nossas recusas,foram livres e espontâneas escolhas,então, entendamos, que ganhar tempo,implica estarmos sempre antenados em quaisquer tempo, ás coordenadas da vida.