Marcadores

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

AÇAÍ

Lembro de minha verdadeira identificação com o suco do açaí.
Que coisa maravilhosa!
Como a Natureza é benevolente, cuidadosa naquilo que ele se propõe a oferecer.
E tinha que ser, especialmente açaí. ..
O tão sonhado suco!
Eu, para dizer a verdade, conhecia assim, pela metade, mas depois do expediente de trabalho, me defrontar com aquele olhar límpido, aquela gentileza que me fascina a cada dia...
Que renova minha natureza, de mulher desprovida das coisas complicadas, e adepta da praticidade de ser especialmente feliz...
Um tom escarlate.
As luzes azuis...
Iluminam-me umas páginas a mais, fazem-me degustar conhecimento...
Corri o olhar ligeiramente pela Frutaria, e nem parecia aquele mesmo lugar, pelo qual eu passo milhares de vezes quando vou caminhar...
Pensar como eu, julgando saber muita coisa, e entender também, não entendo ainda quase nada.
Tua companhia especial, torna especial cada segundo de minha existência...
Sempre cuidei, de olhar com cuidado, para tudo, e não tirar conclusões erradas, mas nas noitinhas que por ali passara, sempre jogara um olhar furtivo e indiferente...
Mas aquele ponto, aquela referência, depois desse carinho, do suco do açaí, jamais terá meu descaso.
Abri ali mais uma página de meu conhecimento, à identificação do verdadeiro sabor.
O sabor da felicidade,em coisas simples e naturais...
O sabor do suco de açaí...
O sabor da tua companhia.