Marcadores

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

PALADAR

Era bar,armazém,ou qualquer coisa assim,lembro-me das garrafas de guaranás,de seus estampidos quando abertas, do ruído refrescante ao ser colocado no copo,da boca que ficava toda impregnada do sabor,das gotículas chuviscadas, ao ser deliciosamente sorvido...
As maçãs embrulhadas em papéis azuis, perfumados,eram enormes,deliciosas,que meu pai distribuía aos pedaços,pois eram caríssimas,e tinha que ser assim...
Quando alguém ficava doente,ao receber visitas no hospital,e lá vinha o pacote com maçãs e bolachas Maria na lata,e deliciosas...
Agora,fico me perguntando,onde foi parar tudo isso?
Quais são as delícias, que as crianças agora podem degustar,sem pensar,se vão ter colesterol em idade tenra,crianças que já nascem adultas, com medo de envelhecer,de engordar,crianças que não brincam mais,exercitando o corpo,a não ser aquelas,que prematuramente, já freqüentam academias...
Sinto saudade,não apenas da infância,da juventude,que hoje talvez não me trariam as mesmas coisas,sinto saudade do "privilégio"  do paladar...
Do gosto indescritível do guaraná,das maçãs,dos pirulitos das mais diversas cores e formas,das velinhas doces e coloridas,dos pirulitos psicodélicos.
Enfim,sinto saudade da felicidade,a qual não era discutida ,muito menos contestada,era apenas vivida,sem atropelar ninguém,mesmo em meio ás dificuldades...
Pois, não podíamos ir á uma banca, escolher e degustar quantas maçãs quiséssemos, e o guaraná agora,virou bebida de pessoa desinformada á respeito de saúde...
Furávamos a tampa,das garrafinhas pequenas, agitávamos e deixávamos jorrar na boca, isso trazia uma felicidade indescritível, que não podia, de maneira alguma,fazer mal á saúde,porque dentre as comidas naturais, eram exceções...
Hoje as comidas naturais,não apenas são exceções,como simplesmente viraram artigo esdrúxulo, porque desapareceram do gosto das crianças,que já nascem com paladar pervertido,onde o sabor das verduras,frutas e legumes causam asco á muitas delas.