Marcadores

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

NOSSA MEMÓRIA


Em menos de duas décadas, mudaram-se completamente as necessidades de consumo, e com o encantamento do mundo tecnológico e globalizado,vieram outros
gastos que inconscientemente entraram em nossas vidas ,sem que  percebêssemos...
Foram facilidades,que explodiram, junto de necessidades criadas,pois estas,até então,jamais existiram,hoje tornou-se a grande necessidade,sem a qual não se vive...
A grande facilidade de comunicação,passou a ser o centro de tudo,e quando nos damos conta,passaram-se dias,meses,sem que houvéssemos refletido,detido e discorrido sobre determinado assunto ,informação, ou novidade lançados,mesmo porque, já surgiram outros e outros,então impossível acompanhar...
Quando duas cabeças juntas, pensam melhor,agora são trilhões se juntando,se fundindo e passando novidades e informações,e muitas destas,jamais detidas e  já substituídas por outras...
Quando esquecemos alguma coisa,logo atribuímos,que podemos estar com Alzheimer ,dependendo da idade,mas nos esquecemos,que a nossa memória está estupefata e já não comporta mais tantas informações,que vão desde números imensos de celulares, até senhas e tantas outras coisas mais,que até poucas décadas atrás,não se fazia necessário...
Determinadas pessoas,já nem acionam mais esse lado da memória,pois a memória virtual se encarrega de tudo...
Será então,que com o passar dos tempos,algumas aptidões de nossas memória serão substituídas por outras?
Envelhecer com qualidade de vida é a regra, difícil,quando estamos ao mesmo tempo,tendo que nos adaptar a milhares de circunstâncias e fatos inusitados,e descartando uma série de conhecimentos, que nos custou tempo, e habilidade para desenvolvê-los...
E quem não estiver disposto,ou não tiver paciência suficiente,corre o risco,de ficar alienado a tudo,e não conseguir cuidar nem de sua vida particular...
Porém,dentro desse emaranhado de coisas, daqui algumas décadas,se continuar na mesma proporção,não significará nada ás novas gerações...
Verdade é que estamos diluídos dentro de tantas informações,porém vemos uma Educação defasada,e esta certamente sempre foi ,e será o grande cerne para que as pessoas voltem a pensar..