Marcadores

segunda-feira, 15 de junho de 2015

REINVENTANDO O MEIO


Não esperemos que o Planeta se mantenha ás suas próprias custas.
O preço será muito alto!
Há que se reinventar costumes, recriar valores perdidos com o tempo, e descobrirmos a arte de ver na Natureza o Criador.
Lamentamos as mortes de inocentes, ou seja, de pessoas que por falta de opções, ás vezes, se sujeitam a morarem em lugares menos favorecidos, claro que as autoridades devem sempre monitorar isso, e não permitir moradias em lugares de grandes riscos.
Por outro lado, sabemos também de mansões que foram digladiadas pelas avalanches, no entanto, todos nós temos parcela de culpa, há muito estamos sendo alertados, e, se medidas não forem tomadas, presume-se que cidades praianas vão desaparecer e que o Rio de Janeiro, por exemplo, terá boa parte de sua cidade extinta.Ou começamos agora monitorar os lixos que são jogados com descaso em todo lugar, ou todos nós sofreremos as conseqüências.Pior são as criancinhas que não têm nada a ver com isso.Um toco de cigarro faz a diferença.Uma sacola de tecido para o supermercado, também evitar o consumismo exagerado, o Planeta já não tem recursos para tanto banho demorado, para esse
esbanjar de energia, e comida também que vai para o lixo...Pessoas que ao prepararem seus alimentos, jogam partes importantes de frutas, verduras e legumes no lixo.A moda que comanda desde muito jovens pessoas de formações menos favorecidas, mesmo em face de muito poder, nada justifica.
É lamentável essa estupidez, lavarem calçadas, carros a até prédios inteiros com água potável.
As escolas necessitam urgentemente de reinventar nova técnicas de ensino e aprendizagem, os pais necessitam urgentemente de ensinarem seus filhos apreservarem o meio em que vivem com atitudes, as pessoas, ao descobrirem que estão preservando o meio, descobrirão como viver melhor.
Reinventar uma nova maneira de viver.Despertar mais amor no que possui.Ser menos consumista.
Já não há espaço para banalidade e futilidades, mas sim, para juntos elaborarmos um mundo melhor.
Sem essa interferência desmedida e sem escrúpulos em cinco anos o Planeta se refaz.
É assustador o tanto de lixo que é jogado nas calçadas das grandes metrópoles.
Nossas cidades, nossos campos, ruas, estradas, precisam ser tratadas como grandes templos.
Temos que incutir em todos os jovens a idéia de que tudo ao nosso redor merece respeito.
Necessitamos urgentemente de liberar as matas ciliares tirando as construções de lugares não apropriados.
A erradicação da miséria precisa e deve, estar inserida num contexto ambiental saudável.
Ou aprendemos a consumir, preservar ou morreremos todos, porque o Planeta vai usar de força bruta para se refazer, não tenhamos dúvidas disso.
Primeiro foram as espécies de vida desaparecendo do ciclo e cada espécie por mais exótica que possa parecer a idéia, tem uma função.

Hoje estamos começando a vivenciar catástrofes avassaladoras, mas podemos reinventar nossa história e tornar este mundo um lugar de paz e harmonia.