Marcadores

quinta-feira, 25 de junho de 2015

ETERNA BUSCA

A felicidade, uma seqüência de dias, tão simples, e podemos fazer da simplicidade, a maneira mais fácil e descomplicada de se viver...
Somos dotados de inteligência, a qual vive nos interpelando questionamentos, os mais diversos possíveis, mas chegamos à conclusão, que para nos encontrarmos na vida, não implica só pensarmos, porque só pensarmos, sem atitudes, impossível chegarmos a lugar algum...
Importante, então, sabermos direcionar nossos quereres, e mantermo-nos firmes, diante de nossos propósitos.
Inteligência, partindo desse princípio, passa a ser muito relativa e jamais se pode separá-la da sabedoria, a inteligência clareia, o que a sabedoria norteia...
A inteligência esta inserida até nas emoções passionais, emoção inteligente, aquela  que não nos mantêm cegos, mas sim nos dão sabedoria para conduzi-la, e quando estas ultrapassam os limites da tranqüilidade, da paz, entra a sabedoria para dar um basta...
Jamais estamos vacinados aos erros, ao  que aparentemente nos parece doloroso, ás vezes  atua como remédio que cura a alma, que revitaliza
a mente, que a coloca nos eixos de novo...
A vida sempre nos oferece oportunidades, a inteligência é perceptiva, mas se a sabedoria falhar, nos ocorrerão lapsos, onde tudo se passa despercebido...
Ás vezes passamos a vida inteira, numa busca incansável, de algo, que já possuímos, ou do  que já tivemos em mãos, mas as mesmas conjeturaram, ainda não ser felicidade, corremos em busca de novos relacionamentos, novos empregos,novas estratégias,enfim...
Passamos a vida buscando-nos, a nós mesmos, que vivemos trancados em algum lugar, onde muitas vezes, sem a ajuda de um profissional, jamais nos libertamos.