Marcadores

segunda-feira, 15 de junho de 2015

AMOR IMPLICA RESPONSABILIDADE

“Amar é um dom e também um aprendizado que começa dentro da família...”.
Os bens materias são os suprimentos necessários para se viver com saúde corpórea.
Os bens espirituais são os nutrientes para se constituir um mundo de pessoas felizes.”

Não quero com este artigo generalizar não...Ainda existem pais e mães conscientes de sua responsabilidade na formação do caráter dos filhos, dão respaldo, são presentes, estão sempre procurando saber por onde andam, estão sempre verificando atividades escolares, dão através de uma vivência íntegra, noções de ética e de como trilharem no caminho do bem e da harmonia.
Mas é chocante a tremenda alienação de certos pais e mães, diante das atitudes não condizentes dos adolescentes.
E alguns adolescentes vêm sem nenhum princípio de educação e são largados sob a responsabilidade de alguém que os eduque, que os incuta valores que não condizem com aqueles que vivenciam em casa.”A Escola”
Os pais quando chamados por conta de alguma infração dos filhos, sempre buscam uma resposta para justificar os deslizes, e atribuem a culpa ás más companhias dos mesmos...
Infelizmente essa maioria que, literalmente procuram dar o seu quinhão material,impetrando ás crianças falsos mimos e se eximindo totalmente do lado afetivo,e o que vejo também,são avós sobrecarregadas cuidando de seus netos,trabalhando para sustentá-los,enquanto que os pais vivem quase que alienados.
Amor é muito trabalhoso e implica uma tremenda responsabilidade,e parece que muitos pais e mães,não estão dispostos a investir seu tempo nos filhos dessa maneira,porque não conseguem nem mesmo educá-los com exemplos.
A família não pode se desmantelar desse jeito,mesmo diante da separação,pois ela ainda é a única instituição que pode fazer pessoas de bem,constituir o caráter do bem,da preservação, do amor ,da compreensão...Enfim,colocar na bagagem da criança,todos os elementos para sua eterna felicidade.
A família é que tem esses elementos, fazendo-os entenderem que ainda devemos primar pelo que se é, e não pelo que se possui...
O que se adquire materialmente pode perecer, pode ser perdido ao longo do tempo, mas o que se adquire espiritualmente, com o tempo floresce, frutifica, dignifica...
Acredito que ninguém veio ao mundo para trabalhar em proll do mal, para destruir, para usufruir sem preservar,para ser eterno escravo da mentira e suas consequências...
Deus, na sua magnificência tem uma multiplicidade de planos, que abrange a cada um de nós, e a essência desse plano é o amor que exige responsabilidade e envolvimento.
E quem estiver disposto a segui-lo, certamente trará os seus consigo... E o que parece um fardo sob o peso da responsabilidade,futuramente serão os frutos do amor e da plena felicidade.