Marcadores

segunda-feira, 26 de maio de 2014

PRECONCEITO E EDUCAÇÃO

A palavra preconceito está em todo lugar vitimando gêneros, etnias, classes sociais e culturais de maneira tão eficaz que,muitas vezes precisamos nos policiarmos para que em distração não cometamos tal fatalidade ao delinearmos
determinados termos,que em face dessa fissura é substituído por outro que delimita a mesma coisa.

Acreditamos que existam pessoas extremamente preconceituosas, portanto, faz-se necessário esclarecimento para que estas sejam civilizadas, a ponto de entender as diferenças de cada um, respeitar seus clãs, culturas,situações sócio econômicas e outrem.
Caso contrário, isto faz com que pessoas se excluam de uma sociedade, quando ficam á margem de pessoas de bem.

Por outro lado, o preconceito não deve estimular, e nem desestimular essas idéias ferrenhas, separatistas, tanto em um ponto, como em outro.
Quando mais se falar em preconceito, mais ele vai permanecer vivo, portanto, devemos bani-lo de nosso meio.
Entendamos da importância em se preparar uma sociedade de maneira que estes entraves jamais possam existir.
Um povo cerceado de uma educação constituída de valores especiais, não perderá seu tempo a advertir ás diferenças.

Não se muda mentalidade de um povo com debates acirrados, muito menos com obas obas,onde por trás dos mesmos,em maioria das vezes,existem interesses manipuladores,que podem ser políticos e até religiosos.
A palavra veracidade e respeito devem permear toda e qualquer raça,etnia e gênero.

Aceitar como normalidade as diferenças, é colocá-las no plano das igualdades, mesmo porque somos especialmente diferentes, um atrativo, que torna as pessoas únicas, em seu jeito de ser,quando estas trazem na alma a síntese do bem.
Quando crescem sob o olhar cuidadoso da educação e dos bons costumes.

Extraordinário, conscientizar nossos jovens, o quanto é importante e necessário preservar o bom caráter, a benevolência, trilhar nos meandros do bem...
O dia que conseguirmos tais feitos,certamente colocaremos abaixo, as falácias do preconceito.