Marcadores

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

TELEVISÃO É CIDADANIA

A televisão sempre foi, e sempre será um meio de comunicação, ao qual se nutre um certo encanto,uma certa admiração,portanto, tem uma força imensa perante seu público,atuar na televisão,é quase que tornar-se um tanto quanto, ditador de normas conceitos,e isso implica numa responsabilidade imensa.
A Internet,jamais será compatível com a televisão,acredito que todos nós gostamos de um sofá,e ficar na passividade,vendo um bom programa de televisão...
Existem bons programas,que levam o público a racionar interagir-se,e se manter informado sobre muitos assuntos interessantes.
Acredito que seja nesses parâmetros que toda rede de televisão deva se embasar...Que usem a criatividade para competir,que seus programas não sejam apelativos,que cortem o que não deu certo trocando por coisas novas,ou antigas,mas que haja envolvimento com o bem,pois são ferrenhos formadores de opiniões,quer queiram,quer não.
E formadores de opiniões têm a grande chance de mudar pessoas,de diminuírem os índices de criminalidades,de ajudarem a educar o povo,eximindo um pouco essa idéia de competição,incutindo idéias de participação cooperação,seja com o Meio em que se vive,seja com a comunidade...
Que se façam programações voltadas ao Meio Ambiente, mas de maneira atuante,onde hajam premiações,ou condecorações entre bairros que melhor cuidem de suas ruas,de suas calçadas,que plantem árvores que se incentive as boas atitudes,os bons costumes,a boa vizinhança...
Que sejam promovedoras de desfiles de modas com as roupas que se vendem nos bairros, onde seus patrocinadores seriam os comerciários,que incentivem as crianças a estudarem,que todos os meses prestem homenagem a um bom profissional,seja na área da saúde,educação,construção civil e assim por diante.
Por que isso?
Porque assim, a televisão estaria incentivando nossos jovens a estudarem, não apenas serem modelos ou jogadores de futebol...
Que tenha teatro nos bairros...
Onde se tenha apresentações de amadores da música, teatro, pintura, que se faça apresentações nos bairros,para o povo ter acesso,e acostumar-se a isso.
Que as novelas tragam sempre em seu conteúdo, informações sobre povos, culturas diferentes, costumes, saúde,beleza e que de maneira saudável,traga informações em seus enredos,e que não prenda o público apenas, por conta dos vilões...
Que o ator ou atriz que os representam, deixem bem claro, que vilão é vilão, e pessoa de bem é completamente diferente, que não existe meio termo, independente da vontade do povo, pois a mídia tem essa força sem perder adeptos.
Se o bairro for muito carente, que se incentive e crie espaço junto com a prefeitura para uma horta comunitária, padarias comunitárias até mesmo nas escolas que têm espaço e infra-estrutura também,
O melhor jardim plantado, a praça mais bem cuidada pelo povo...
Onde a televisão se faz presente, impossível dar errado.
Acredito que essas idéias sejam apenas o começo, e que a televisão tem muito a dar em termos de formação de cidadania.
É um meio de comunicação poderoso, eficiente e imbatível e tem como obrigação, ajudar na formação de todos os cidadãos.