Marcadores

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

O PLANO DE DEUS

Deus sempre tem um plano maior para nós, portanto, aborrecimentos corriqueiros, ás vezes só são aborrecimentos de passagem, podem ser sinais de mudanças, fim de ciclos, para que se abram novos caminhos...
Assim como nossa constituição física é feita de ciclos, assim também nossa constituição espiritual...Quando planejamos nossa vida,dentro das verdades do bem,estamos caminhando sempre com a felicidade,ás vezes do lado,ás vezes no centro.

Quando nossas atribulações estão no seu limite, é hora de pensar em mudanças, atribulações ás vezes são sintomas da alma que pressente a necessidade dessa mudança, e toda mudança, a priori, é sempre meio dolorosa, gerando uma inexplicável satisfação, depois.

Ás vezes nos acomodamos com uma condição de vida, fingimos não nos aborrecermos com empecilhos, mas na alma fica sempre alguma coisa inquietante,gritante,querendo se exteriorizar.
É o tempo fechando seu ciclo...Precisamos acompanhá-lo, abrirmos os caminhos e partirmos sem medo.
Nosso sangue percorre as veias, artérias renovando células, para que vivamos uma vida saudável, isso se faz necessário, nada pode se desviar desse curso, pois quando isso acontece, nossa saúde fica comprometida e o corpo começa a dar seus sinais de que algo não está bem...

Assim também é nossa vida espiritual e material, tudo se completa por meio de ciclos, de transições que têm a capacidade de fazer dos aborrecimentos grandes trampolins para que a felicidade, e a alegria, nunca fiquem comprometidos.

Então, que nas horas de infortúnios e aborrecimentos, tenhamos a luz da paciência para pararmos e meditarmos, e através da Inteligência Criadora, chegarmos a novas conclusões, entendamos que a vida é feita de dias iguais, porém,nunca serão os mesmos dias...

Deus,na sua bondade infinita,rege toda uma cadeia de vidas que só se completam em cadeias,assim como em cada Universo físico e Espiritual,tudo precisa gerar sintonia,paz...
Em meio ás atribulações, é natural que nos sintamos perdidos, então é o momento da nossa busca interior para que tudo se acerte e nos encontremos novamente em paz.