Marcadores

terça-feira, 17 de outubro de 2017

SABER GASTAR

Saber gastar é uma arte, acreditamos ser a verdadeira arte da sobrevivência, quando abastados, se não formos suficientemente conscientes de que o dinheiro, adora mandar nas pessoas, e sair voando por aí, sem mais nem menos, nossa fortuna, não ultrapassará uma geração...

Portanto, sabermos gastar pode ser a grande tacada do momento, é sempre numa crise, que a criatividade fica mais aguçada, e qualquer pessoa pode ser criativa e ludibriar uma situação, se saindo muito bem,descobrindo como usar seu dinheiro de maneira adequada...

Precisamos mandar em nosso dinheiro, e não permitirmos, que este saia de nossas mãos sem a nossa permissão, ao darmos permissividade ao dinheiro, podemos estar correndo o risco de desenvolvermos compulsões por gastos e compras, sem necessidades...

Quando falamos em compras, deixamos bem claro, que os bens duráveis, quando comprados á prazo, com uma contabilidade de receitas e despesas pré-estabelecidas, compõe um fator positivo, uma vez que aumenta o nosso patrimônio,exemplificando,seriam estes, casa,apartamento,carro,e outros mais, que nos poderiam ser úteis...

Portanto, a palavra chave do momento, acreditamos que seja guardar pelo menos uma pequena quantia todo mês, e que se faça disto um bom costume, estarmos prevenidos sempre nos gera mais confiança, e uma pessoa sem dívidas tem mais saúde financeira, física e psicológica, pois os nossos rendimentos são para nos gerarem tranquilidade e conforto...

Quando temos um rendimento maior, este, às vezes, faz com que ampliemos os nossos gastos de maneira desenfreada, embasados numa segurança exageradamente desproporcional, faz com que nos endividemos mais do que quem ganha muito menos...

E é o caso de muitas pessoas, que ganhando muito, não guardam nada,e vivem endividados com cartões de créditos, pois o dinheiro, as vezes, nem lhes proporciona o conforto de uma noite bem dormida ,em função disto, reafirmamos que o dinheiro precisa estar em nosso benefício, caso contrário ele nos priva da paz, do sono, e faz de nossa vida uma bola de neve, onde fica difícil nos livrarmos dele, uma vez que, ao invés de nosso aliado, tornou-se nosso opositor...

O dinheiro quando está em nossas mãos, tende sempre a parecer muito pouco, mas quando ele passa do outro lado, o lado da dívida, qualquer quantia vira um volume muito grande, por isso, entendamos que, economizar é diferente de não  gastar,a grande jogada é saber onde e como, gastar, ou aplicar.