Marcadores

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

O FENÔMENO

Cada pessoa é especial no seu jeito de vir a este mundo,de desempenhar aqui seu papel,se muitas, no decorrer de suas existências se perdem,outras também se acham.Ás que se perdem totalmente, é sempre um fato triste a se lamentar...
         O mundo é um reduto de vidas, as quais foram requisitadas para viverem em sintonia, dividirem bons
momentos,compartilharem as tristezas,vibrarem com as alegrias...
Independentemente daquilo, que ao longo da vida acumulou-se de bens materiais, está o bem
espiritual,este sim, se fará valer, para que se estipule a paz,e se viva aprimorando-a na vida e  lapidando-a, no decorrer de seu curso...
A sabedoria é o respaldo do bem, da maneira simples de se viver, sendo esta vida, em palácios ou
em humildes moradias...
Em quaisquer um desses lugares, ainda encontramos pessoas sábias, pessoas do bem, que colocam o dom da vida em primeiro lugar, em  tomadas de atitudes sábias e inteligentes, onde se coloca qualidade de vida
acima de contratos fabulosos e o abdicam na hora certa, por sentirem que a fortuna que
acumularam,não lhes comprará um só dia de saúde e paz...
Foi vendo o jogador de futebol, “que é um assunto que bem pouco domino”, chamado de “Ronaldo O Fenômeno”, que de repente percebe que é hora de parar e pensar mais na qualidade de vida, que fiquei estarrecida com tamanha sabedoria...
Você deve estar pensando, mas ele já está milionário...Eu também pensei nisso, mas por outro lado me ocorreu também à fortuna, pela qual ele está abrindo mão, em prol de sua saúde, de sua qualidade de vida, de seus filhos, de sua família...
Ele conseguiu essa façanha com
tranqüilidade...
Eu que nunca me interessei tanto por futebol, mas sempre tive uma certa simpatia por esse moço, que também foi malhado pela mídia tantas vezes...Aprendi a filtrar notícias, deixando de acreditar naquilo que não acredito mesmo...
Naquelas notícias que veiculam por aí como sensacionalismo...Porque esse sensacionalismo que sufoca um atleta ou um ídolo, endeusando-o de uma certa maneira, que nada mais é do que uma cobrança
brutal.Essa mesma é capaz de jogar esse ídolo, esse atleta em segundo plano quando o lado humano aflorar...
Concluindo, que bom que ainda existam fenômenos por aí, que sabem mostrar aos fãs e admiradores, que além da fama, do sucesso, da fortuna, existe o lado humano, existe a vida que não pode ser colocada em segundo plano...
Finalmente ele faz jus á palavra "Fenômeno".
E tenho certeza que não só eu, como milhares de fãs que nunca foram aos estádios para aplaudi-lo, certamente o farão agora, pela coragem, pela  bravura destemida, em que soube galgar os degraus da
fama,soube também abdicá-la,Soube colocar o lado humano em primeiro lugar...

Administrar os degraus da fama e tão difícil, quando abdicá-la depois.